Pastor Marco Feliciano é acusado de tentativa de estupro

Jovem acusa deputado de soco na boca e tentativa de estupro dentro do apartamento funcional

O pastor, deputado e pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSC, Marco Feliciano está sendo acusado de tentar estuprar uma jovem no seu apartamento funcional em Brasília. Segundo a denúncia publicada pela coluna “Esplanada” do UOL, a estudante de jornalismo e militante do PSC jovem, Patrícia Lélis, afirmou que o episódio aconteceu após ter sido convidada por Feliciano para tratar assuntos políticos no apartamento do deputado na manhã no dia 15 de julho de 2016.

De acordo com Lélis, Feliciano teria tentado fazer sexo à força com ela, que na tentativa de escapar da agressão começou a gritar para chamar a atenção dos vizinhos. Ainda de acordo com a jovem, Feliciano queria convencê-la a ser sua amante em troca de um alto salário e cargo comissionado no PSC.

Em áudio jovem denuncia abuso para assessor de Feliciano

Em um áudio que está circulando hoje na internet, Patricia Lélis estaria conversando com o assessor de Feliciano e ex-policial civil, Talma Bauer, onde conta que foi abusada por Feliciano.

“Com todas as letras, ele deu em cima de mim mesmo de uma forma assim descarada. Me levou a fazer coisas à força, que eu tenho prova disso. Dentro da casa dele, falou que ‘tava tendo reunião na UNE. Pra eu ir pra lá. Cheguei lá, e não tava tendo. Ele não me deixou sair, fez coisas à força. Eu tenho a mensagem para ele: ‘Feliciano, a minha boca ficou roxa’. Ele ri e diz: ‘Passa um batom por cima’. Eu tenho todas essas provas.”

O assessor de Feliciano nega ter mantido essa conversa com Patrícia Lélis e que o áudio é falso.

A jornalista Patrícia Lelis, o deputado federal Marco Feliciano e o assesor dele, Talmo Bauer (Foto: Reprodução/GloboNews, Nilson Bastian/Câmara dos Deputados e Reprodução/TV Globo)
A jornalista Patrícia Lelis, o deputado federal Marco Feliciano e o assesor dele, Talmo Bauer (Foto: Reprodução/GloboNews, Nilson Bastian/Câmara dos Deputados e Reprodução/TV Globo)

O pastor Marco Feliciano ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Comente pelo Facebook

Comente pelo Facebook

Saulo Souza da Cruz

É formado em Comunicação Social - Publicidade e propaganda. Evangélico, criou a Rede Pentecostal para divulgar notícias do segmento pentecostal.