Conheça as mudanças que a IPDA deverá fazer nos próximos anos

Você lembra daquele púlpito blindado onde o Missionário David Miranda fazia suas pregações? Pois é, ele já não existe mais! No lugar da redoma a prova de balas foi colocado um púlpito normal como de qualquer igreja evangélica. Essa mudança simples sinaliza na verdade que as coisas vão mudar (e muito!) na IPDA nos próximos anos. E isso já era de se esperar, afinal não era segredo para ninguém que David Miranda era o único responsável por manter os costumes da IPDA, a ferro e a fogo, a todo custo quando estava vivo. Agora com a morte de Miranda, há uma forte tendência de mudança dentro desse ministério.

regulamentos-da-ipda-300x225
3 versões do RI da IPDA: Mudanças sempre ocorreram.
Embora a eleição de Ereni Miranda para presidência da IPDA tenha sido uma manobra da família Miranda para conter a possível saída de membros da “Deus é Amor”, temerosos com as possíveis mudanças no ministério após o falecimento de David Miranda, é muito improvável que a nova presidente tenha condições de impedir que alterações ocorram no RI (Regulamento Interno).  Portanto que haverá mudanças consideráveis, não há a menor dúvida, o que todos querem saber é como e quando essas mudanças deverão começar a acontecer. As Assembléias de Deus, por exemplo, demoraram quase 30 anos para que a doutrina sofresse mudanças consideráveis, após o falecimento de seus fundadores. No caso da IPDA, a tendência é que as mudanças ocorram a uma velocidade muito maior. Talvez em 5 ou 7 anos a IPDA tenha uma cara totalmente diferente de hoje.
Considerando o cenário atual, que tipo de mudanças a diretoria da IPDA deverá implantar nos próximos anos? Abordaremos a seguir algumas das possíveis mudanças na doutrina do ministério e o impacto para o os “deusamorenses”.
Calça comprida para as mulheres
download-300x168Esse item já vinha sofrendo mudanças mesmo durante a gestão do Missionário David Miranda. Até 2004, o R.I. proibia às mulheres o uso da calça comprida, seja qual fosse o trabalho por elas executado. Posteriormente em 2007, a calça foi liberada para estudantes em período escolar e na versão atual, a partir de 2013, a calça comprida poderia ser utilizada por profissionais que atuassem em centro cirúrgico. O curioso é que nessa mesma versão, foi removido do R.I, o versículo em Deteronômio 22:5 (Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher) que tentava justificar a posição da IPDA naquele momento. A tendência no futuro é que a calça seja liberada para as mulheres para qualquer atividade profissional. É provável que o uso da saia seja obrigatória apenas para atividades ligadas à igreja. Talvez essa mudança ocorra até em curto prazo, uma vez que há queixa de irmãs reclamando que não conseguem emprego, pois a maioria dos empregadores impõe o uso de calça comprida como uniforme de trabalho.
Cabelo das mulheres
cabelo-300x200Ainda falando de mudanças que devem atingir as mulheres, outro ponto que pode sofrer alterações é a questão das normas referente ao cabelo das mulheres. Embora o Regulamento da IPDA proíba fazer qualquer tratamento de cabelo, como alisamento ou relaxamento, na prática a maioria esmagadora das irmãs não cumprem essa norma. E essa “desobediência” vem desde o alto escalão da Sede Mundial, basta observar como o cabelo das cantoras da gravadora “Voz da Libertação”, andam mudando a cada novo CD lançado. Esse cenário pode levar a IPDA excluir essa proibição nos próximos anos. Quanto ao corte do cabelo, é provável que a IPDA mantenha a mesma posição que tem hoje, ou seja que as irmãs devem ter o cabelo crescido. O que eventualmente pode alterar é a permissão para que as mulheres aparem a ponta dos cabelos.
Televisão
televisao-300x207A proibição que a IPDA impõe aos membros, que não podem assistir a TV, começou a ruir ironicamente no dia do velório do pastor que mais criticava a televisão no Brasil, o próprio David Miranda. No dia do velório de Miranda, pela primeira vez na história da “Deus é Amor”, a Globo, maior emissora de televisão do Brasil, pôde circular livremente pelo Templo da Glória de Deus, tendo total liberdade para entrevistar fiéis do ministério, inclusive a própria filha de Miranda, Léia. E não foi só a Globo, o SBT e outras emissoras estiveram por lá. Isso foi um sinal claro que a IPDA poderá se tornar tolerante com a televisão no futuro. Vale ressaltar que a época em que David Miranda proibiu a TV, por volta da década de 70, é bem diferente do cenário encontrado hoje. Há 45 anos atrás, a TV estava restrita apenas ao próprio aparelho “em si”, não é como hoje em que é possível assistir TV no computador, tablet, celular, no metrô, enfim em praticamente todo lugar.  Sem contar que sites como “You tube”, cujo acervo de vídeos é composto em sua maioria de programas de Televisão, são amplamente utilizado pelos membros da IPDA, sem proibição nenhuma. O mesmo ocorre com o Facebook, onde milhões de usuários compartilham diariamente outros milhões de vídeos, muitos deles trechos de programas de TV. Na verdade alguns especialistas chegam ao ponto de afirmar que um dia, em um futuro não muito distante, a TV e o Computador serão um só aparelho. É possível para a IPDA controlar ou
proibir tudo isso? A diretoria da IPDA até que tentou mas não deu certo, pois até 2009 o R.I proibia a instalação de placas de TV em computadores, ou assistir a programas de TV em arquivos como MPG ou AVI, porém a partir de da versão de 2013, tal orientação foi removida. Portanto nesse momento a IPDA está em total contradição, pois proíbe aos membros de ver TV, mas tolera sites repletos de programas de TV, cujos vídeos estão disponíveis a um clique. É bem provável que no futuro, a “Deus é
Cantoras Débora e Léia se apresentam na Sede Mundial da IPDA. No destaque o púlpito blindado que protegia David Miranda.
Cantoras Débora e Léia se apresentam na Sede Mundial da IPDA. No destaque o púlpito blindado que protegia David Miranda.
Amor” apenas oriente aos membros a respeito dos riscos a santidade espiritual que qualquer meio de comunicação, seja ele a TV ou internet pode causar se for usado de forma incorreta, sem impor proibições e transferindo a responsabilidade para os próprios membros. Ou seja o próprio crente, com a mente de Cristo, decide o que é bom ou ruim em cada um desses meios de comunicação. Outro aspecto curioso referente à Televisão é que a própria IPDA poderá no futuro se interessar em adquirir programação em um canal de TV. Basta observar os ministérios pentecostais e neo-pentecostais que adquiriram programação televisiva e alcançaram um enorme êxito, com aumento significativo do número de membros. A Assembléia de Deus, por exemplo, teve um crescimento de 46% segundo dados do último censo do IBGE, algo que alguns creditam à uma maior exposição do ministério na TV. Portanto se a IPDA abrir mão de algumas emissoras de rádio para investir em programação televisiva, pode estar tomando um passo positivo no crescimento da denominação.
Em breve publicaremos a 2ª parte do artigo, falando sobre as possíveis mudanças administrativas na IPDA. Por enquanto fiquem a vontade para expor sua opinião sobre o assunto.

É formado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. É pregador pentecostal desde os 14 anos. Trabalha na área de palestras e treinamentos em uma multinacional japonesa. É proprietário do portal Rede Pentecostal e escreve sobre diversos temas nesse site.