Publicado em: qui, out 13th, 2016

Urgente: Porque David Filho pode não continuar a ser pastor?


Escândalo envolvendo o pastor deusamorense pode eliminar de vez sua função de pastor dentro da IPDA

Por Saulo Souza da Cruz, São Paulo.


O recente caso de escândalo envolvendo o pastor David Miranda Filho, expos uma situação que a diretoria da Igreja Pentecostal Deus é Amor evitava a todo custo comentar: O fato de David Filho, um dos principais pastores desse ministério, ser divorciado, ter um comportamento reprovável e ainda assim exercer plenamente a função de pastor, tendo inclusive autonomia sobre outros obreiros.

Veja também:

Programa “Em Análise” da última segunda explica porque David Miranda Filho não deveria voltar a ser pastor

Dentro da IPDA não se fala em outro assunto se não esse, afinal todos estão curiosos pra saber como o ministério conseguirá gerir sua primeira grande crise pública após o falecimento do Missionário David Miranda. O deusamorense quer saber se mesmo após todo o escândalo que David Filho se envolveu, ele ainda continuará nos púlpitos da Sede Mundial, quando sua suspensão acabar. Fontes próximas à diretoria garantem que a última coisa que a IPDA quer é transparecer conivência com o pecado e assim poder manter a “sã doutrina”, sabendo que  qualquer decisão equivocada nesse momento pode gerar um péssimo exemplo para corpo de membros e consequentemente insatisfação geral.

É fato que independente do que acontecer com David Miranda Filho, ele já não deveria ser pastor a muito tempo. A IPDA como todos sabem, é um dos ministérios evangélicos pentecostais mais conservadores que existem no país. Seu regulamento interno (RI), proíbe entre outras coisas, o divórcio e novo casamento. Na IPDA, uma vez divorciado, o membro só pode entrar em comunhão se voltar a conviver com seu cônjuge ou em caso de morte do parceiro. Caso o divorciado case novamente estando seu cônjuge vivo, isso seria considerado adultério para o ministério. Outras igrejas como a Assembleia de Deus, até permitem um novo casamento para os divorciados em caso de adultério de um dos cônjuges. A IPDA é nesse sentido uma das poucas igrejas que não permitem em nenhuma hipótese um segundo casamento para os divorciados. Embora a IPDA possa admitir que um divorciado entre em comunhão se ficar sozinho, não é comum dentro do ministério que alguém divorciado possa ser obreiro ou muito menos pastor, a exceção no entanto parece se aplicar apenas a David Miranda Filho. Já há muito tempo, essa situação tem causado insatisfação em muitos irmãos da IPDA, principalmente nos obreiros fieis e de boa fama que mesmo sendo bem casados e tendo comportamento exemplar, dificilmente conseguem ser ungidos a diácono ou presbítero e muito menos conseguem ter algum cargo de liderança dentro da IPDA.

Estaria David Miranda Filho sendo privilegiado por ser um “Miranda”? Será que David Miranda Filho poderia realmente ser um pastor?

Ao que tudo indica a IPDA realmente privilegiou o pastor David Miranda Filho até agora, pois a julgar pela sua conduta inapropriada e confrontado com a verdade do que a bíblia afirma ser necessário para função de pastor, o filho mais velho do missionário David Martins de Miranda não poderia em hipótese alguma exercer uma função de obreiro dentro da IPDA. O Apóstolo Paulo listou claramente à Timóteo algumas características necessárias para a função de pastor. Pegue a sua bíblia e veja abaixo que David Filho está a “anos luz de ser qualquer coisa próxima a um pastor”.

O pastor deve ter um casamento exemplar

“Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher… ” (1Tim 3:2). A expressão “marido de uma mulher” significa muito mais do que o leitor superficial possa imaginar. O ensino é que a mulher com quem o pastor é casado, é a sua primeira e única! É alguém que encontrou uma esposa e deixou de ter olhos para outras mulheres. Ele é dedicado àquela única mulher O que está em jogo é a conduta ilibada e irrepreensível do pastor no seu relacionamento singular com a sua primeira esposa.

O pastor David Miranda Filho não é casado e sim divorciado. Ele se separou da sua esposa Raquel Borges há 16 anos atrás e isso biblicamente já o impede de exercer qualquer função de pastor, presbítero ou diácono. Trata-se de uma exigência bíblica. É de fato espantoso que um ministério como a IPDA, que tem a preocupação com inúmeros costumes e doutrinas simplesmente faça vista grossa a isso. David Miranda Filho não pode pregar numa igreja como pastor, muito menos aconselhar os casais crentes sobre família, porque a sua não é mais exemplo. Se tentar aconselhar estará sendo hipócrita, se não aconselhar estará sendo omisso com o ministério. Não tem jeito, o cristianismo não funciona segundo palavras vazias, mas com exemplo de vida. Mesmo que o homem não tenha se casado novamente, a situação de separação da primeira esposa já o desqualifica para o pastorado. Se o pregador está em rebeldia no seu viver, ele está desqualificado para pregar. Suas palavras são vazias e sem unção. Não importa o que a igreja pense, o tamanho da congregação, ou quantas conversões acontecem: o seu líder nessas condições está sem a bênção do Senhor, não importando os “sinais externos”: os resultados não autenticam a fonte (1Cor 3:13-15).

Portanto, pode-se dizer que um pastor deve ser um homem maduro na sua sexualidade e no seu compromisso e fidelidade à sua esposa. Isso poupa a igreja de grandes riscos, como alertou MacArthur: “Esta qualificação encabeça a lista porque é nessa área que líderes são mais inclinados a falhar.” O casamento do pastor é belo e exemplar, adequado modelo do Evangelho (Ef 5:25-32). Viúvos, solteiros e divorciados são exceções e precisam ser analisados caso a caso, inclusive no aspecto da pureza sexual e moral. Na grande maioria das vezes, o presbítero ou pastor é um homem casado e marido exemplar.

A conduta de um pastor deve ser irrepreensível

A bíblia é clara: a conduta de um pastor, bispo, presbítero ou diácono deve ser irrepreensível. Em 1 Tm 3:2 temos as qualificações para o pastor: ” Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível…” A palavra traduzida por irrepreensível usada no texto acima é no grego “anepleptos”. Ela aparece 3 vezes no Novo Testamento, a saber: 1 Tim 3:2, 5:7 e 6:14. O significado é sempre o de alguém de quem não se pode falar nada contra, sem mancha, sem culpa, inacusável. Um pastor tem que ser necessariamente irrepreensível. 

Diante do recente escândalo envolvendo o pastor David Filho, será que ele preenche os requisitos bíblicos de ser irrepreensível? Vamos ver:

  • Pelo que vimos na conversa que o pastor teve com a jovem assembleiana Aline Almeida, através do aplicativo de mensagens do Facebook, ele pediu que a jovem enviasse fotos dela nua, enquanto estava ensaiando com sua banda dentro da igreja. Configura pornografia e adultério.

 

  • Perguntou claramente se a jovem estaria disposta a manter um relacionamento sexual com ele. Configura adultério.

 

  • Tentou convencer a jovem a vir a São Paulo para manter um caso sexual escondido com ele. Configura Adultério e prostituição.

 

  • Quis pagar as despesas da viagem da moça à São Paulo para consumar o adultério. Usando o salário de obreiro para coisas impróprias.

 

  • Ameaçou a moça, prometendo ir até a casa dela com advogados para impedir que o caso viesse a público. Queria esconder tudo.

 

  • Um mês depois, admitiu publicamente que cometeu o pecado, porém chamou tudo que fez de simplesmente “erro bobo”.

 

Agora eu pergunto a todos, deusamorense ou não, o comportamento elencado acima é irrepreensível? Sejam justos à luz da Palavra de Deus! Alguém que teve a ousadia de agir de maneira tão descarada está mesmo apto a aconselhar um rebanho ou mesmo liderar outros pastores?

Um pastor não tem a sua sexualidade exacerbada de maneira que sejam incontinentes e facilmente tentáveis. Homens assim ainda apresentam traços de comportamento adolescente e portanto precisam amadurecer. Um pastor não pode ser um paquerador, um flertador, alguém que está em uma atitude de “conquistador” em relação a outras mulheres, como fez David Filho.

O ministério pastoral não é para qualquer um, mas para os que tem condições morais de dar exemplo ( Heb. 13:7).

Fica difícil para David Miranda Filho dar um verdadeiro exemplo como pastor, como pai ou mesmo como filho. Ele já não é um jovenzinho de 14 anos! Ele é um homem que já tem cabelos brancos, pai de 4 filhos. Que exemplo ele tem pra dar para juventude da IPDA? Como David Miranda Filho poderá aconselhar quem quer que seja dentro da IPDA?

O curioso é que desde que o pastor foi suspenso há várias pessoas inundando o Facebook do pastor dizendo coisas do tipo:

“Levante a cabeça a vitória chegou”

 “Você é mais do que vencedor, Deus vai te honrar!”

 “Não se deixe intimidar querido DEUS conta contigo varão! DEUS vai honrar sua fé.”

 “A luta vem e passa”

“Quem não tiver pecado,atire a primeira pedra”

Espere um pouco…. como é o negócio? Deus vai te honrar? Não se intimide? A luta vem e passa? Quem não tiver pecado atire a primeira pedra?

Quero dizer aos irmãos que vocês estão agindo absurdamente errado! Ninguém tem que consolar o pecado, principalmente de alguém que tem o título de pastor.

Será que quando o rei Davi pecou o profeta Natan foi até ele “entregar a vitória ou honrar o rei?” Não meus amados, não! Ele foi lá dizer que Davi pecou e deixa-lo ciente que seu pecado teria consequências.

O que tem que vir após um pecado na igreja é temor e repreensão (1tm 5:20), e não “o festival da vitória”.

Dar apoio emocional a alguém que pecou não significa ignorar o que a pessoa fez ao ponto de dizer que Deus vai honrá-lo. O que o deusamorense deveria fazer agora era avaliar sua liderança, até  porque Deus dá discernimento à igreja para avaliar e confrontar seu(s) líder(es) (1Tm 5.19-21); e não ficar agindo como se alguém estivesse “intimidando” o pastor. Chamar de “luta” todo esse escândalo é uma afronta ao evangelho e a Palavra de Deus!  Será que agiriam de forma tão compadecida se esse escândalo tivesse ocorrido com o dirigente da igreja do seu bairro? Ou com o jovem ou a jovem que rege o grupo de mocidade? Ou com aquele obreiro desconhecido que abre o culto todos os dias?

É claro que não! Não sejam hipócritas de dizer o contrário! Vocês estão agindo assim porque o pastor David Filho tem notoriedade dentro do ministério, mas para Palavra de Deus isso não importa o que importa é que o pastor tem que ser irrepreensível.

Outro fato absurdo é que pela primeira vez na história, um pastor peca, é suspenso e faz mesmo assim uma campanha on-line. A pessoa que peca, ainda mais um pastor deve partir para o isolamento de funções ministeriais, isso incluiu orar pelos outros. A pessoa precisa ter seu momento para buscar o perdão, a restauração, refletir sozinho sobre o que aconteceu. E não fazer uma campanha seja lá onde for. Ao que parece o pastor David Filho quer na verdade obter a aprovação das pessoas e muita bajulação.

Outra coisa bizarra que virou moda neste escândalo é defender David Miranda Filho utilizando a famosa frase “quem não tiver pecado atire a primeira pedra”. Quer dizer que agora não aceitar o pecado é atira a primeira pedra? Ué mas não é a IPDA a igreja que mais gosta de atirar pedras em pastores de outras denominações? Ou eu estou enganado? Quer dizer que na igreja dos outros podem atirar as pedras que quiserem mas quando um pastor da IPDA pede fotos nuas de uma moça na internet, “não devemos atirar a pedra”. É lamentável e extremamente estarrecedor que para muitos “deusamorenses” todo esse escândalo envolvendo David Miranda Filho não passou de um deslize que pode ser amplamente justificado com um simples “não atire a primeira pedra”.

O pastor deve ser sóbrio

“sóbrio” – essa palvra significa “prudente”, “disciplinado”. Phil Newton comenta que o ministro sóbrio é aquele que “é capaz de exercer juízo correto, mesmo em momentos difíceis. O homem sóbrio evita excessos e pensa com clareza. O ministro tem uma vida ordenada e autodisciplinada, determinando com clareza suas prioridades”.

Portanto, ser sóbrio é possuir pensamentos e objetivos claros, expondo prioridades, não fazendo as coisas precipitadamente, mas sendo cauteloso em todos os passos.

Não se pode admitir na IPDA e em ministério algum que um pastor que não tenha prudência e que não tenha a vida disciplinada possa exercer qualquer função na igreja. A disciplina é fundamental na vida de um homem de Deus. O comportamento do pastor deusamorense enquanto conversava com a moça, passou muito longe de tudo isso. O pastor David Miranda Filho não teve nesse episódio o mínimo controle das suas atitudes se entregando de forma até fácil para o pecado. Foi espantoso.

Aí como sempre o diabo na visão de muitos foi exclusivamente o causador disso tudo. Será? Mas a Palavra de Deus não exige que o pastor seja sóbrio? Ao invés de simplesmente atribuir a culpa ao diabo, não deveríamos cobrar do pastor sobriedade, uma vez que a Bíblia lhe exige isso não função de pastor? E não adianta alegar que ele foi honesto em confessar o pecado. Ele admitiu o erro um mês depois e ainda assim pressionado pelo vazamento do vídeo que o denunciou.

Bom, vamos terminar por aqui, creio que o que expus é mais do que suficiente. Se quiser deixe o seu comentário de forma civilizada.

Comente pelo Facebook

Comente pelo Facebook

Sobre o Autor

- É formado em Comunicação Social - Publicidade e propaganda. Evangélico, criou a Rede Pentecostal para divulgar notícias do segmento pentecostal.

Mostrando 14 Comments
Dê sua opinião
  1. Edmilson albuquerque disse:

    O autor dessa máteria.paresse juiz.leia Mateus.cap 7.

    • Saulo Souza da Cruz disse:

      Olá Edmilson, tudo bem?

      Eu sou o autor dessa matéria. Não entendi… será que Mateus capítulo 7 anula todas as diretrizes do apóstolo Paulo para o que se espera de um pastor? Ser irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar;
      (1 Timóteo 3:2) Meu irmão o pastor não pode ser tratado como um novo convertido que entrou ontem na igreja, ele precisa necessariamente ter uma conduta ilibada, sem mancha para que possa dar exemplo. Cristianismo é isso! Não tem jeito, o pastor tem que ser exemplo em todos os sentidos da sua vida! Se alguém não consegue dar o exemplo então não pode receber a tarefa de pastorear.
      Alguém que:
      1º Pede fotos nuas de uma jovem na internet;
      2º Oferece sexo para essa jovem;
      3º Convida a moça a manter uma relacionamento escondido;
      4º Premedita cada passo, deixando a moça ciente que o relacionamento tem que ficar escondido;
      5º Se compromete a pagar as despesas da moça para se locomover a São Paulo para prática do pecado;
      6ª Tenta esconder tudo, ameaçando ir à casa da jovem com advogados se o caso fosse divulgado;

      Será que eu estou errado em dizer que alguém nesse perfil não pode servir na casa de Deus como pastor? Ou pode?
      Não se trata de julgamento, se trata da realidade da Palavra de Deus. Abra a sua bíblia e você vai ler que todas as referências biblicas que eu dou estão corretas.

      • ALEXANDRA DE SOUZA disse:

        – EU concordo com o senhor Saulo Souza Cruz. TEM PESSOAS QUE PARECE QUE SOFRERAM UMA LAVAGEM CEREBRAL, NÃO QUEREM SEGUIR A PALAVRA PREFEREM O HOMEM AFFF ! CHEGA DAR NOJO DESSES HIPÓCRITAS

      • Marcos disse:

        A paz do senhor sou louco Sousa mer tirar uma dúvida é correto uma jovem mulher que tem filho ser ajuntar com homem casado sendo ele já ceparado só de boca sendo que éssa jovem mãe ela teve dois filhos de pai diferente sempre cometendo o mesmo erros com primeiro homem ela enrolava a mim e sua mãe sempre com mentiras teve o primeiro filho no fruto do pecado antes do casamento e o segundo homem teve o segundo filho até hoje não se sabe quem é o pai escândalo atrás do outro agora oque éla faz se ajuntar com esse terceiro homem por sua vez essa pessoa como eu tinha dito ele é ainda casado no papel sendo que ela ainda vivi no pecado com ele já veio o terceiro filho no fruto pecado éla sabe que érrado o unico problema é que ela conhece a palavra de Deus e não somos servo de um Deus extremamente podeso vc acha aconselhamento agora varão ela não está em pecado ou não éla fica triste comigo deu não aceita ela queria que eu aceitasse esse casamento tanto éla e ele não nos respeito éla pode casar com um homem já casado éla ja moram tantos isso é correto meu irmão mora com esse homem mesmo ele sendo casado é pode ser casar o serto ela procurar um homem solteiro ela nem pedi o a nossa benção ela simplesmente se ajuntou é correto eto éla ser casar com home com homens casado não é pecado por favor mer tire essa dúvida por favor meu contato 965562894 Tim

  2. Mary disse:

    Concordo plenamente com Saulo Souza, o pastor Davi não tem estrutura espiritual para esta a frente dessa obra.

  3. Carlos Alvarenga disse:

    Excelente comentário, super sensato.

  4. Gente DEus fala através dos tempos a IPDA fez abusou das doutrinashumanas massacrrou membros.E o pior tudo que eles combatiam DEus fez accontecer com eles a vista de todos.Taí um grande ministério minado por mais um escandalo exatamente pela mesma pessoa.Ele.David Filho,todo pomposo,…..O rapaz faz uma oração de 30 40 min E agora ea aquela sensibilidade “espiritual”toda tome linguas estranhas.A IPDA está mudada,as cantoras quando aparecem parecem dondocas o povo se baba todoE assim foi ao longo da vida desta igreja.Lá é o famoso dizer em terra de cego quem tem um olho é rei.São indoutos,sem formação nenhuma aquele que fala um pouco melhor…É colocado num cavalo usando anéis…e pla pla pla.E assim segue a IPDA .Um escandalo atrá do outro.Envolve muito problémas financeiros,é muito dinheiro nas demandas do ministério.EStá mudada a IPDA antes não cantava hinos da harpa para não parecer com os “Ministérios Mundanos(Assembléia de Deus).Hoje……Cantam de tudo…Abriram as asas.Tudo indica que foi só o Missionário falecer….Abriram se os leques da liberdade.Certo?

  5. Rapaz, concordo em tudo o que disse. E esta base para pastoreado citado os texto não está aplicado somente em Davi Filho, mas infelizmente em muitos pastores da IPDA. Nada pode e ao mesmo tempo, tudo pode, porque qdo se fala em nada pode, logo as pessoas não fazem para que todos vejam, mas o faz escondido e qdo alguém descobre e misericórdia pra todo lado, julgamentos e tudo mais, mas o Davi Filho? coitado! foi tentado e caiu, mas como foi citado no texto o pastor deve (n é opcional é obrigação) ser repreensível. Ele não é melhor e nem maioral, não é super homem, mas é exemplo, por isso é o líder.

  6. alex disse:

    PARABÉNS MEU AMADO IRMÃO SAULO,É EXATAMENTE ISSO TUDO QUE VÇ FALOU ,,,MUITO BEM FALADO….

  7. Regina disse:

    Ele pegou sim ele não é nenhuma criança ou adolescente imaturo pra não ter noção do que fez .mas agora ele vai sofrer as consequências do pegado que ele fez .e como um exemplo é como um ladrão que sabe que não deve roubar e vai lá e rouba e depois paga sendo preso. O fato de pesoas tentar passar a mão na cabeça do pecado agredido que sao pessoas manipuladas que concorda com a alienação e que foram moldas com tal cultura não conseguem enxergar a realidade .O autor que escreveu isto está certo e uma pessoa bem instrutorada das palavras de Deus .

  8. Célia disse:

    Creio que todos devemos chegar mais a Deus sem hipocrisia para que possamos nos livrar de toda cilada que o inimigo nos prepara e sabermos que somos meramente humanos e que podemos cometer falhas e caso isso acontecer ter conciência que devemos cumprir nossa disciplina pois quem lê a Bíblia sabe que isso é bíblico, ñ é julgamento, o que ñ pode é passar a mão no pecado e achar que tudo está normal deixando toda a igreja se corromper e dizer que estamos atirando pedras, foi isso que nosso irmão Paulo nos ensinou nas cartas aos Coríntios, a julgarmos a nós mesmos dentro da igreja.

  9. Sabias palavras irmão Saulo. Este irmão deve se arrepender e continuar seguindo a Cristo, aguardando o arrebatamento. Agora pastorear, acho bem difícil, até porque, pelo que sei, essa não é a primeira vz.
    A bíblia diz, “ai daquele por quem vier o escândalo”

  10. Claudia disse:

    Vamos orar tbm pelo filho da irma Leia Miranda
    https://youtu.be/-NlUQTuM66o
    Filho da Leia se assume gay

Escreva um comentário

XHTML: Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>