Arqueólogos afirmam ter encontrado casa do profeta Eliseu

Após o arrebatamento do profeta Elias, o profeta Eliseu assumiu o ministério em seu lugar. Eliseu foi ungido por Elias e permaneceu ao seu lado como discípulo por longo tempo. Eliseu tornou-se mestre de profetas e exerceu grande influencia política.

Pertencente a uma família abastada de Israel, Eliseu tornou-se um dos mais importantes profetas de Israel de todos os tempos. Além disso, foi usado na operação de milagres sobrenaturais, assim como na reestruturação do culto a Deus, combatendo heresias e modismos de sua época.

Arqueologos encontram a casa do profeta Eliseu. (reprodução blog Pr. Marco Feliciano)
Arqueologos encontram a casa do profeta Eliseu. (reprodução blog Pr. Marco Feliciano)

Em 2013 arqueólogos descobriram no sítio arqueológico de Tel Rehov, no Vale do Jordão, uma cidade com aproximadamente 3 mil anos de idade. Nesta cidade foi encontrado um edifício que acreditam ser a casa do profeta Eliseu. Foram 16 anos de escavações no sítio arqueológico e a casa do profeta seria uma das grandes descobertas do local.

Segundo Ami Mazar, arqueólogo que participou da escavação, a casa estava cheia de objetos diferenciados, que caracterizariam que o dono tinha ligações com o culto religioso de Israel, pois foram encontrados dois altares de cerâmica que eram usados para queimar incenso e oferecer ofertas a Deus.

Além disso, foram encontrados vasos de barro e recipientes provavelmente usados para servir alimento aos discípulos do profeta. As evidências é que os objetos não serviriam a uma família típica, mas provavelmente para uma comunidade, como a escola de profetas de Eliseu. A casa também tinha uma estrutura diferenciada das demais, pois, segundo explicou o arqueólogo, havia duas alas grandes, que estavam ligadas uma à outra por corredores e cada uma tinha uma saída para a rua. Geralmente as casas da época tinha apenas uma ala grande  e uma única saída.

Os altares encontrados na casa eram possivelmente usados em rituais de adoração a Deus, o que era tipicamente comum naquela época. Os pesquisadores também destacaram que havia uma mesa e um banco em um dos locais da casa.

A evidência mais importante encontrada no local das escavações foi um fragmento de cerâmica com o nome de Eliseu sobre ele, datado do século 9 a.C. Por conta das diversas características e do nome encontrado no local, os arqueólogos veem como forte o indício de que a casa pertencia ao profeta do Antigo Testamento.

Fonte: Blog do pastor Marco Feliciano

Comente pelo Facebook

Comente pelo Facebook

Saulo Souza da Cruz

É formado em Comunicação Social - Publicidade e propaganda. Evangélico, criou a Rede Pentecostal para divulgar notícias do segmento pentecostal.

more recommended stories