Rede Super muda de canal em Curitiba


Emissora cristã já pode ser sintonizada pelo canal digital 31.1 da TV aberta


A emissora cristã Rede Super Curitiba está em novo canal. A programação, que antes era transmitida pela frequência 55, passou para o canal digital 31.1 da televisão aberta. A mudança ocorreu quase um mês antes do encerramento das transmissões em sinal analógico na capital paranaense, que será em 31 de janeiro.

A Rede Super, emissora que nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, foi implantada em Curitiba em 2014, em parceria com a Primeira Igreja Batista de Curitiba. Segundo o diretor do Ministério de Comunicação da PIB, Albert Martins, a mudança foi necessária para atender à solicitação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). “O canal foi alterado para cumprir à solicitação da Anatel neste processo de digitalização, ou seja, passando do sinal analógico para o digital. Além disso, estamos com o projeto de aquisição de um novo transmissor e, assim que implantado, a Rede Super, que já pode ser sintonizada em Curitiba e algumas áreas de municípios vizinhos, expandirá para toda a Região Metropolitana”, afirma.

Segundo o pastor presidente da PIB, Paschoal Piragine Júnior, o canal é uma peça chave para transmissão das mensagens de Deus para toda população. “Hoje contamos com uma programação 24 horas por dia, abençoando a vida de pessoas que precisam de uma palavra de encorajamento e fé. Nosso objetivo é expandir cada vez mais o sinal até que alcance todo o estado do Paraná”, destaca.

Além de transmitir, ao vivo, os cultos da Primeira Igreja Batista de Curitiba, a Rede Super Curitiba possui programação própria com conteúdo para diversas faixas etárias. Entre as produções estão o Turma de Primeira, que ensina a Bíblia para crianças de seis a nove anos; o Boa Tarde Doutor, com temas relacionados à saúde física e espiritual; o Super Notícias, um boletim com notícias gerais do Paraná, do Brasil e do Mundo; e o Super Opinião, programa que trata de temas relevantes da atualidade, com apresentação do pastor Paschoal Piragini Júnior, que adiciona o posicionamento Cristão sobre esses assuntos.

A programação, em 2018, será marcada por estreias, como afirma o coordenador da emissora, e diretor de Jornalismo, Julius Nunes. “Começamos o ano desenvolvendo novos programas, e vamos, nos próximos três meses, estrear essas produções. Teremos dois programas temáticos de entrevistas, um programa de debates, outro voltado às mulheres, e na área do jornalismo estrearemos um telejornal diário, diferente de tudo que temos na TV atualmente. Além de um programa semanal com o resumo e análise dos principais fatos da semana”, anuncia.

De acordo com Martins, o investimento em programação e sinal têm como objetivo atender ao público evangélico, cada vez mais exigente. “A população cristã está interessada em produções de qualidade que divulguem os valores presentes na Bíblia. Não basta apenas veicularmos os cultos, precisamos investir em diferentes formatos de conteúdo, incluindo jornalismo e entretenimento cristão, e para diferentes faixas etárias. Esse é o nosso compromisso com nossa audiência, que cresce a cada dia, assim como o número de evangélicos no Brasil”, conclui.

Para assistir a Rede Super em Curitiba, basta sintonizar os canais 31.1 da TV aberta ou 331 da Vivo TV.

Com informações, Ministério de Comunicação Primeira Igreja Batista de Curitiba

É formado em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda. É pregador pentecostal desde os 14 anos. Trabalha na área de palestras e treinamentos em uma multinacional japonesa. É proprietário do portal Rede Pentecostal e escreve sobre diversos temas nesse site.