David Filho anuncia concentrações em SP e acende o alerta de divisão na IPDA


Mesmo afastado, pastor deusamorense prometeu fazer grandes cruzadas evangelísticas na grande São Paulo


A crise que está atingindo a liderança da IPDA desde a morte do Missionário David Miranda não para de crescer. Um novo capítulo dessa crise foi escrito hoje pelo pastor David Miranda Filho que em uma atitude surpreendente está organizando cruzadas evangelísticas à revelia de seu ministério.

Leia também: David Filho sai da IPDA e anuncia criação da Igreja Pentecostal Santificação no Senhor

David Miranda filho foi afastado de suas funções na IPDA, depois de ter sido flagrado em um vídeo mantendo uma conversa comprometedora com uma jovem na internet. Após o caso vir a tona, David Filho afirmou que aceitaria sua suspensão e que não iria pregar ou orar nos programas de rádio ou na igreja. No entanto em uma nota emitida hoje através do seu Facebook, o pastor informa que irá fazer eventos de evangelização a cada 3 meses em bairros da grande São Paulo. Miranda esclareceu que esse trabalho é uma ação independente e que não tem relação com igrejas e que “essa evangelização é do ministério do Pastor David Miranda Filho”.

O pastor deusamorense ainda afirmou que o evento se chamará “O dia do meu milagre”,  e que os cultos ocorrerão em ginásios alugados. Os eventos serão transmitidos ao vivo pelo Facebook e Youtube. O pastor ainda pediu aos internautas uma ajuda financeira para manter sua obra com depósitos na sua conta pessoal. “Você que tem fé poderá depositar a sua oferta no Banco Bradesco Agência 0255 conta 0400975/4”, diz o texto da nota.

A decisão do pastor David Filho caiu como uma bomba na IPDA. Grande parte dos membros e obreiros do ministério estão perplexos com a atitude do pastor que está sendo entendida pela maioria como um sinal claro de rebeldia e insubordinação à diretoria da IPDA. Muitos vão além e já acederam o alerta de um possível racha no ministério promovido por David Filho. “Qualquer trabalho seja feito pelo ministério Deus é amor! Não teria necessidade de fazer depósito em conta pessoal”, comentou um internauta.
De fato desde que foi afastado, David Miranda Filho nunca se comportou realmente como um obreiro suspenso. Manteve por vários dias um campanha on-line através do Facebook, algo inédito na IPDA e agora ao terminar sua campanha de 21 dias, decidiu sair do ambiente virtual para cultos presenciais. O problema é que isso abre um precedente enorme dentro da IPDA. Se na época em que o Missionário David Miranda estava vivo, qualquer outro pastor fosse disciplinado na “Deus é Amor” e ousasse fazer uma “cruzada evangelística” nos moldes que David Filho quer fazer, certamente o Missionário estaria esbravejando aos quatros cantos que se tratava de um “lobo divisor”. David Filho além de querer fazer um culto a revelia de sua ministério, ainda solicitou depósitos em sua conta pessoal, algo altamente reprovável para qualquer obreiro dentro da IPDA, uma vez que o ministério já até moveu processo na esfera civil e criminal contra obreiros por causa de dinheiro. Uma atitude dessa feita por qualquer outro obreiro seria fatalmente punida com a expulsão. Para muitos, David Filho deu um péssimo exemplo ao pedir dinheiro na sua própria conta corrente.

Nos bastidores, a decisão de David Filho deixa a IPDA “num beco sem saída”. Há uma queda de braço entre David Filho e a diretoria da IPDA.  David Filho quer voltar a pregar a todo o custo, pois para ele seu erro foi “bobo” e que não há justificativa para prolongar seu afastamento. Porém a diretoria da IPDA teme que recolocá-lo em comunhão pode provocar uma revolta geral por parte parte de muitos pastores e isso aumentaria muito o risco de divisão dentro do ministério. A insatisfação do corpo de obreiros é tanta que nunca a IPDA viveu um risco de rachas tão grande como está vivendo agora. Muitos obreiros comentam nos bastidores que a situação pode ficar insustentável rapidamente caso a diretoria da IPDA não mude sua postura de tentar ao máximo “varrer” toda a situação de David Filho para debaixo do tapete evitando a todo custo fazer qualquer comentário a respeito das campanhas que o pastor promovia na internet mesmo afastado. A IPDA sequer deu qualquer explicação ou satisfação ao público sobre a situação de David Filho no ministério, principalmente depois que veio a tona que ele é divorciado.

Mas agora a gravidade da situação aumentou tanto que a diretoria só tem 3 opções. A primeira é encerrar a prova do pastor e correr o risco de contaminar a credibilidade do ministério que já está bem abalada com as acusações que a diretoria da IPDA tem sido extremante parcial com David Filho. A segunda é convencer David Filho a cumprir sua prova de maneira correta até o final, ou seja sem exposições e sentado no banco. E a terceira e última excluí-lo do ministério por insubordinação. De fato alguma decisão precisa ser tomada de forma oficial pela diretoria da IPDA, se não as divisões vão acontecer e não serão divisões pequenas, pois a cada atitude absurda de David Filho, a capacidade da diretoria da IPDA em levar a ordem e a disciplina no ministério está ficando cada vez mais questionável.

Atualização em 23/11/2016 às 12h33min

O pastor David Miranda Filho publicou um post em seu Facebook informando que não saiu da Igreja Pentecostal Deus é Amor. O pastor excluiu a postagem anterior, referente a organização das cruzadas.

Leia as postagens na integra:

david-miranda-filho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

david-miranda-filho

A Rede Pentecostal é o maior portal de Notícias Gospel do segmento pentecostal no Brasil.