“O diabo é inteligente, ele conhece mais teologia que todos os teólogos”, afirma Para Francisco

O Papa Francis advertiu contra conversar com o diabo, pois o Maligno é um ser incrivelmente inteligente, que muitas vezes parece “disfarçado de anjo”.

“Ele é malvado, ele não é como a névoa. Ele não é uma coisa difusa, ele é uma pessoa. Estou convencido de que nunca se deve conversar com Satanás – se você fizer isso, você ficará perdido”, disse o pontífice à TV2000, um canal católico, de acordo com The Telegraph.

“Ele é mais inteligente que nós, e ele vai virar você de cabeça para baixo, ele fará girar sua cabeça”, disse ele.

“Ele sempre finge ser educado – ele faz isso com sacerdotes, com bispos. É assim que ele entra em sua mente. Mas acaba mal se você não perceber o que está acontecendo em tempo. (Devemos dizer a ele) vá embora!” ele disse.

Desde o início de seu papado, Francisco emitiu advertências repetidas sobre o diabo e afirmou que quem quer seguir Jesus deve estar ciente da realidade do Maligno. Durante um evento de 2013 para multidões de fieis na Praça de São Pedro, Francisco disse que o Diabo aparece frequentemente “disfarçado de anjo e fala maliciosamente com a palavra”.

Em abril, o papa disse que o diabo está por trás do ódio da fé cristã que leva os opressores a perseguir os crentes.

“Com sua morte e ressurreição, [Jesus] nos salvou do poder deste mundo, o poder do diabo e o príncipe do mundo não querem isso”, disse Francisco durante um discurso pronunciado na Basílica de São Bartolomeu de Roma em memória dos “Novos Mártires” dos séculos XX e XXI.

Papa Francis fala aos jornalistas em seu vôo de volta a Roma após uma visita à Armênia em 26 de junho de 2016. REUTERS / Tiziana Fabi / Pool

“Ele sempre finge ser educado – ele faz isso com sacerdotes, com bispos. É assim que ele entra em sua mente. Mas acaba mal se você não perceber o que está acontecendo no tempo. (Devemos dizer a ele) vá embora!” ele disse.

Desde o início de seu papado, Francisco emitiu advertências repetidas sobre o diabo e afirmou que quem quer seguir Jesus deve estar ciente da realidade do Maligno. Durante um endereço de 2013 para multidões de fieis na Praça de São Pedro, Francisco disse que o Diabo aparece frequentemente “disfarçado de anjo e fala maliciosamente com a palavra”.

Em abril, o papa disse que o diabo está por trás do ódio da fé cristã que leva os opressores a perseguir os crentes.

“Porque fomos salvos por Jesus, e o príncipe do mundo não quer isso, ele nos odeia e provoca a perseguição”, disse o papa.

O papa Francisco também disse que a Igreja hoje precisa de mártires e disse que o martírio “é uma graça de Deus, e não coragem”.

“O que a Igreja precisa hoje?” Ele pediu, antes de responder: “Mártires, testemunhas, isto significa, santos de todos os dias, aqueles que conduzem vidas comuns, levados adiante com consistência, mas também aqueles que têm a coragem de aceitar a graça de serem testemunhas até o fim, a morte deles “.

A herança dos mártires, disse Francisco, “nos dá hoje paz e unidade. Eles nos ensinam que, com a força do amor, com ternura, você pode lutar contra o bullying, a violência, a guerra e com paciência, a paz pode ser alcançada. “

A CNN observa que o pontífice também compartilhou diretrizes sobre como resistir à estratégia de Satanás:

Primeiro, é Jesus quem combate o diabo.

O segundo é que “não podemos obter a vitória de Jesus sobre o mal e o diabo por metades”, pois, como Cristo disse no Evangelho de Mateus, “quem não está comigo está contra mim, e aquele que não reúne comigo dispersa “.

“O demônio é perspicaz: ele nunca é expulso para sempre, isso só acontecerá no último dia”, disse Francisco. “O diabo também existe no século 21, e precisamos aprender com o Evangelho como lutar contra ele”.

Ele acrescentou: “O diabo é inteligente, ele conhece mais teologia que todos os teólogos”.

Em uma pesquisa realizada no ano passado, Gallup descobriu que, enquanto quase 90% dos americanos acreditam em Deus, apenas 61% acreditam em Satanás.

“Gallup fez a pergunta que inclui a opção ‘não com certeza’ em rotação aleatória com perguntas sobre crença em quatro outros conceitos religiosos: anjos, Céu, inferno e diabo”, relatou Gallup.

“A crença dos americanos em todos estes é menor do que a sua crença em Deus, que variam de 72 por cento que dizem acreditar em anjos para 61 por cento que dizem acreditar no diabo, com 12 por cento inseguro em ambos.

O evangelista Billy Graham anteriormente advertiu que um dos esquemas mais bem sucedidos do diabo é convencer as pessoas que ele nem existe.

“Embora nunca devemos tornar o diabo o único foco de nossa atenção (pois somente Cristo é digno dessa honra), precisamos estar atentos aos seus esquemas e em guarda contra seus ataques”, disse o evangelista. “O principal objetivo de Satanás é bloquear os planos de Deus de todas as maneiras possíveis”.

Às vezes, Graham explicou, os ataques de Satanás são muito abertos e óbvios, mas muitas vezes ele trabalha de maneiras escondidas e sutis, buscando enganar as pessoas e afastá-las de Cristo.

O ministro batista de 99 anos continuou: “Foi dito que um dos esquemas mais bem sucedidos do diabo é convencer as pessoas que ele nem existe, e isso é verdade. Afinal, se você não pensa que ele existe, você não estará em guarda contra ele. Mas ele existe, e ele fará tudo o que pode para mantê-lo afastado de Cristo e Sua vontade para sua vida “.

É formado em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda. É pregador pentecostal desde os 14 anos. Trabalha na área de palestras e treinamentos em uma multinacional japonesa. É proprietário do portal Rede Pentecostal e escreve sobre diversos temas nesse site.