Vídeo: David Miranda e a IPDA saem ilesos de atentado terrorista no Peru

No dia 3 de Novembro de 1989, o líder e fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, passou pela sua maior provação durante a sua carreira. Nesta data David Martins Miranda organizou um grande culto ao ar livre na praça Manco Cápac em Lima no Peru, que seria inclusive, sua primeira grande cruzada evangelística internacional.

Já em ascensão no país vizinho, Miranda conseguiu atrair uma multidão para o culto, porém o que ele nem as autoridades peruanas contavam é que o grupo terrorista Sendero Luminoso, preparava um grande atentado terrorista se aproveitando da concentração do pastor brasileiro.

Enquanto o culto decorria, homens armados marchavam pela avenida ao lado da praça atirando e lançando bombas em direção onde estava Miranda e os fiéis. Para piorar a situação, o grupo terrorista colocou atiradores nos prédios próximos que também disparavam no público e dificultavam a aproximação da polícia.

Mas por mais incrível que pareça, o público que acompanhava o culto saiu ileso do grande tiroteio que houve entre a polícia peruana e os terroristas. Apenas 5 pessoas que passavam pelo local morreram e outras 15 ficaram feridas. Pouco se comparado ao tamanho da ofensiva organizada pelos terroristas.

Posteriormente o governo do Peru condecorou os policiais que teriam impedido o Sendero Luminosos de fazer uma carnificina. Porém segundo os fiéis que acompanhavam o culto, não foram os policiais que salvaram a maioria das pessoas e sim o Poder de Deus. Contam os relatos que no momento em que os terroristas atiravam em direção à praça, o público presente se jogou no chão. David Miranda teria iniciado uma oração que fez um arco-íris aparecer no meio da praça, em plena luz do dia e sem sinal de chuva; Enquanto os crentes levantavam do chão e agradeciam pelo socorro de Deus, centenas de terroristas caíam mortos e ensanguentados. Depois desse atentado o grupo terrorista perdeu força, ficando praticamente extinto.

Quem foi o Sendero Luminoso?

Grupo de guerrilha peruano criado durante os anos 60, o Sendero Luminoso tem inspiração maoísta e foi formado por um grupo de intelectuais, entre eles, Abimael Guzmán, que lecionava filosofia na Universidade de Ayacucho. Em português, o significado do nome do partido é “Caminho Iluminado”, título colocado para diferenciá-lo de outros partidos comunistas da época. O nome completo da facção é Partido Comunista do Peru – Sendero Luminoso (PCP-SL).

Ao lado das FARC, Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, o Sendero Luminoso é considerado um dos maiores grupos de guerrilha organizado da América do Sul. No início dos anos 90, o líder Guzmán foi capturado. Após enfraquecimento do Sendero, outras lideranças começam a ser presas até o ano de 1995. Naquele período, as ações do partido começam a ficar cada vez mais raras. Um dos últimos grandes atentados do grupo foi um ataque à bomba que ocorreu na embaixada dos EUA em Lima. Nesse ataque, 10 pessoas perderam a vida e 30 ficaram feridas.

Veja o vídeo de como foi o atentado, com narração do Missionário David Miranda:

A Rede Pentecostal fará nesta semana uma série de matérias e vídeos relembrando fatos marcantes da carreira de David Miranda na semana que sua morte completa 2 anos.

 

 

A Rede Pentecostal é o maior portal de Notícias Gospel do segmento pentecostal no Brasil.